Conversas cá de casa...
...sussurros lá de fora!

11 Setembro 2008

No Domingo foi no Discovery, na 2ª Feira na RTP 2, ontem de novo no Discovery...o tema foi sempre o mesmo: o 11/9!! Tenho acompanhado todos os documentários, todas as noticias...não há um testemunho que não me faça chorar...arrepia-me só de pensar...o que foi aquilo? Foi mesmo real?

 

Lembro-me bem daquele pós-almoço. A minha mãe ligou-me, parece que tinha de ir não sei onde buscar uma lata de tinta (azul, é importante mencionar!) de 20lt., lá fui. No caminho, com o rádio ligado, aos poucos a ouvir algumas coisas, avião na torre, depois na outra...o Pentágono...estava longe de uma TV, mas aos poucos percebi que era coisa realmente séria e não um acidente qualquer...fiquei talvez nervosa ou não, queria era chegar a casa e sentar-me em frente a imagens para perceber o que se passava...acelarei demais, fiz uma curva demasiado depressa...a lata tombou, a tinta entornou-se (repito 20lt. de tinta azul!), no chão do porta-bagagens...horrivel! Nesse dia tirámos o excesso, muito rapidamente (coisa mal feita!), queríamos era ver o que se passava nos EUA, a tinta ficou lá, secou, o carro nunca mais foi o mesmo.Mas não é essa história que me traz aqui hoje, neste dia, 7 anos passados.

É, sim, o 11/9, o Atentado às Twin Towers (e Pentágono!) em NY!

Os meus pais, irmã (que se casava uma semana depois, a 22 de Set.) e o meu cunhado, tinham lá estado 6 meses antes, no mesmo sitio, à mesma hora...imagino a angústia deles, se a minha era o que era, daí a minha irmã chorar e, ainda hoje, a minha mãe não gosta de ver imagens, nem documentários sobre o tema.

Foi duro! Muito duro!

Monstruoso!

Custa acreditar que tenham sido humanos que tenham feito aquilo...mas toda a gente sabe o que foi.

Toda a gente conhece a história.

Toda a gente sabe que morreram 2.736 pessoas.

Inocentes, que trabalhavam, tinham filhos, familia, sentimentos, sofreram.

Tenho assistido a muitas cenas, a muitas reconstituições daquela manhã...(a mais impressionante foi a do Discovery no Domingo, a qual já tinha passado o ano passado na RTP1)...a muitos testemunhos de quem ficou.

Tenho visto inúmeras imagens.

 

Escolhi uma para homenagear quem partiu.

Escolhi apenas uma para representar o dia de hoje.

Escolhi uma imagem que não mostra o avião, que não mostra a dor, que não mostra lágrimas, que não mostra fumo...

 

 

Mostra sim, liberdade!

Esta pessoa (entre outras!) optou por decidir. Sim, decidiu: morrer.

Mas não morreram tantos?

Se esta pessoa (entre outras!) tivesse ficado no escritório a inalar fumo, à espera do fogo, sem conseguir subir ou descer as escadas...morreria na mesma.

Esta pessoa, teve a liberdade de decidir!

 

É impressionante. Mas foi a verdade.

publicado por Nice às 08:31
tags:

Adorei este teu post!!

Beijinhos
Filipa a 14 de Setembro de 2008 às 15:53

Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
20

21
27

28


Visitas
blogger analyzer
Blue Roses
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO